Empresas têm dificuldades para encontrar profissionais

A mão de obra capacitada não é o principal empecilho encontrado pelas empresas da região na hora da contratação de profissionais. Muitas afirmam que a falta de interesse dos trabalhadores pode ser considerada um fator preponderante, principalmente para o setor de comércio e serviços, na hora de encontrar os funcionários.

profissionais-trabalho

Proprietário de uma empresa de treinamentos em Resende, Leonardo Aguiar, diz que encontra dificuldades para contratar um consultor comercial de Treinamento e Desenvolvimento. “Estou há meses querendo contratar um funcionário para visitar os clientes e potenciais clientes da nossa empresa para apresentar nossos serviços. No entanto, o interesse por esse tipo de vaga é baixo. As pessoas que se candidatam não atendem àquilo que a gente espera em termos de perfil. Até mesmo empresas especializadas em recrutamento e seleção têm tido dificuldades em encontrar esses profissionais”, disse Leonardo.

O empresário acrescentou ainda que acredita que o desenvolvimento industrial da região pode ser o causador dessa falta de interesse. “Grande parte das pessoas acaba tendo a ilusão de que emprego bom é só na indústria. Ao contrário disso, hoje muitas empresas de comércio e serviços também possuem programas de benefícios e remuneração compatíveis com a indústria. Na área de vendas, as possibilidades de ganhos são muito maiores se comparados ao outro setor”, explicou.

Além do crescimento profissional, Leonardo apontou ainda outras vantagens de se trabalhar numa empresa pequena. “A maior vantagem é o ambiente de trabalho muito mais leve. Para quem não quer um trabalho monótono e sim um local onde possa extravasar a criatividade, apresentar e colocar ideias em prática, é o melhor dos mundos. O dono da empresa está na mesa ao lado. Pra falar com ele é só virar e falar, não precisa marcar reunião e ir ao andar de cima”, disse, acrescentando ainda que empresas pequenas também contam com benefícios como plano de saúde e odontológico. “Na nossa empresa, por exemplo, estamos trabalhando com uma consultoria para desenvolver uma PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e um plano de carreira baseados em meritocracia”, concluiu.

 

FONTE: http://www.avozdacidade.com/site/page/noticias_interna.asp?categoria=1&cod=29317

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s